jogo do alinhavo


 

tapete-arraiolos_grande1 

 

 

 

 

ponto-de-arraiolos

Baseado na ideia da escritora Margarida Fonseca Santos, este é um desafio que exige concentração. Parece que vamos coser com agulha e linha, tal como nos tapetes de Arraiolos…

O objectivo é avançar no texto, partindo da última letra da palavra anterior. É uma trabalheira, mas é muito divertido!

Avancemos até nos fartarmos, mas não sejamos preguiçosos!

 

abelha_colorida

 

 

Uma abelha alegre estudava algumas segundas, sábados só ouvia alegremente. Educada, afinada, arranjou umas setenta amigas. Solidárias, saíram manhã alva, ainda atordoadas, sonolentas. Saborearam mel.

Uma jovem talentosa na arte da escrita veio juntar-se ao Clube:

Mayana Souza, 5º E

rapaz

Um miúdo ouviu uns segredos. SaiuUma amiga alta alertou uns  senhores sem mostrar ressentimentos. Segredou-lhes, só ontem, mil lamúrias!

Inês Lopes, 5ºE

flautista

Um malandro ouviu uns segredinhos sobre enfadonhas sinfonias. Saltou um muro, organizou um movimento original: Leonel levou um músico. Os seus seguidores sentaram-se, entoando oito orações. Seguiram-se esfuziantes serenatas. Serenamente, ele soprou um maravilhoso oboé.

Jorge Barrocas, 5º B

mulher

Mentiste-me! És sócia abastada! Alguma advogada amável, livre e empenhada arranjou um manifesto onde és suspeita.

Agitada, angustiada, aldrabona andou sessenta anos sozinha.

Bruno Marques, 5º B

foto_amendoas_01_p

Uma amêndoa amarga andava aos saltos, satisfeita.

Afogou-se em magnífica aguardenteEraahhora anunciada: às sete. Estava alucinada! Aliás, sei,  inconsciente, embriagada, aniquilada!

Miguel Jesus, 5º B

ogre

Um miúdo orgulhoso ouviu uma algazarra. Apurou um minúsculo ouvido…oh, horas!…  Soube, então: o ogre estava a anunciar regalias sensacionais.

 

Paulo Esteves, 5º B

Anúncios

 

 

E EIS UMA RECEITA!panela

Palavras alinhavadas pelas últimas sílabas…

Nesta edição, deixamos a  sugestão da chefe de cozinha da Escrita Criativa:

 

açúcar

        carne

               neve

                     velas

                           lascas    

                                  castanholas 

Leve ao lume o açúcar até obter um ponto desconhecido. Adicione sobras de carne em lascas, cubra com flocos de neve e leve a gratinar. Assim que a carne estiver em banho-maria, retire do forno e sirva quente, num ambiente romântico, à luz de velas e ao som de castanholas.

 

Esta receita é indicada para combater o mau humor e ganhou um prémio de consolação no concurso de gastronomia, realizado na Terra do Nunca.

 

Vanessa Pires, 5º B

023_peixeira

 

Parece que os comerciantes também quiseram brincar com as palavras…

Carapau

           Paulo

                    Loja

                         Janota

                                     Tareco

                                                Comer

Olh’ó carapau fresquinho!

Venham senhores, é tão baratinho! O que não se vender hoje, impinge-se amanhã. O Paulo convence-o na Loja do Aldrabão.

Tão janota, o carapauzinho! Até o Tareco já veio comer.

Olh’ó carapau fresquinho! É hoje, amanhã ou, quem sabe, depois…

                     Bruno Marques e Miguel Jesus, 5º B

Novas bolas de sabão por aí flutuam… ao sabor da imaginação…

bola-de-sabao1

Bola de sabão,

sabão verde,

verde, a Natureza,

Natureza linda…

Linda menina,

Menina escura,

Escura é a terra,

Terra húmida,

Húmida está a camisola,

Camisola para vestir,

Vestir de vermelho,

Vermelho é o sangue,

Sangue para viver,

Viver feliz…

Feliz a brincar,

Brincar com uma bola…

Bola de sabão.

                           André Medroa, 5º B – um voluntário que se deixou cativar pela escrita…

papagaioFeliz quero ser,

ser feliz gosto,

gosto do meu animal,

animal que é um papagaio,

papagaio chamado Micaela,

Micaela é a minha irmã,

irmã muito feliz,

feliz quero ser.

Vanessa Marques, 5º A

bolas-thumb

Gosto de jogar,

jogar à bola,

bola colorida,

colorida como as flores,

flores bonitas,

bonitas são as bolas,

bolas de que gosto,

gosto de jogar.

Raquel Duarte, 5º A

Bola de sabão,

sabão que lava,

lava a mão,

mão que mexe,

mexe no sabão,

sabão que faz espuma,

espuma que faz bolas,

bolas de sabão.

Raquel Duarte, 5º A

bolasabao

Bola de sabão,

sabão que lava a mão,

mão que eu quero lavar,

lavar à mão é que não,

não porque quero água,

água que lava a bola,

bola de sabão.

Vanessa Marques, 5º A


É possível alinhavar sonhos no relvado da infância…

Eu jogo futebol,

futebol é a minha paixão…

Paixão pelo Sporting…

Sporting é campeão!

Campeão é o que eu quero ser,

ser um jogador,

jogador é o Ronaldo,

Ronaldo é perfeito,

perfeito é o meu sonho,

sonho ser como ele,

ele joga futebol,

futebol como eu…

Eu jogo futebol!

Bruno Marques, 5º B

Gosto de futebol,

futebol é o meu sonho,

sonho ir para o Sporting,

Sporting é o melhor do mundo!

Mundo é o que nos carrega,

carrega uma bola, o jogador,

jogador é o Nani,

Nani é o maior,

maior é o estádio de Alvalade,

Alvalade que eu tanto gosto…

Gosto de futebol.

Jorge Barrocas, 5ºB

Vejamos como um pouco de água e sabão lançou uma bola de imaginação…

Bola de sabão,

sabão azul,

azul é o mar,

mar com estrelas,

estrelas no céu,

céu é azul,

azul é a bola…

Bola de sabão.

Paulo Esteves, 5º B

… e outra …

Bola de sabão,

sabão para tomar banho,

banho para refrescar,

refrescar e limpar,

limpar o chão,

chão marcado,

marcado para jogar à bola…

Bola de sabão.

Jorge Barrocas, 5º B

… e outra ainda…

Bola de sabão,

sabão brilhante,

brilhante o coração,

coração apaixonado,

apaixonado está o David!…

David joga à bola…

Bola de sabão!

Bruno Marques, 5º B